Paraná Extra

Produtos para festas juninas estA?o sendo fiscalizados

O Instituto de Pesos e Medidas do ParanA? (Ipem) estA? fiscalizando os produtos tAi??picos mais consumidos nesta Ai??poca do ano em razA?o das festas juninas. Ai?? a OperaAi??A?o SA?o JoA?o, realizada em todo PaAi??s pelos A?rgA?os delegados do Instituto Nacional de Metrologia Qualidade e Tecnologia ai??i?? Inmetro durante o mA?s de junho.

Para o presidente do Ipem-PR, Oliveira Filho, a aAi??A?o Ai?? importante porque tem a finalidade de garantir a seguranAi??a do consumidor, para que nA?o seja lesado economicamente. ai???Se o consumidor adquire um quilo de milho de pipoca, por exemplo, deve levar para casa um quilo do produtoai???, esclarece Oliveira.

Os itens mais fiscalizados na OperaAi??A?o SA?o JoA?o sA?o amendoim, milho de pipoca, canjica, vinhos populares, aguardente de cana, goiabadas, canela em rama e em pA?, cravo-da-Ai??ndia, noz-moscada, estalinhos, saquinhos de pipoca, e doces da Ai??poca em geral.

Eles sA?o classificados como ai???produtos prAi??-medidosai???, justamente porque chegam ao consumidor jA? pesados ou medidos. Os agentes fiscalizam se o peso, a quantidade ou o volume estA?o de acordo com as indicaAi??Ai??es fornecidas pelos fabricantes nas embalagens e se atendem Ai?? legislaAi??A?o metrolA?gica.

Os fiscais visitam indA?strias e estabelecimentos comerciais onde a oferta desses produtos Ai?? maior no perAi??odo, como supermercados, mercados de bairro e mercearias, para verificar a fidelidade das informaAi??Ai??es obrigatA?rias nos rA?tulos, fazer exames e coletar itens para anA?lise em laboratA?rio.

Nos exames de laboratA?rio, os representantes das marcas dos produtos sA?o convidados a acompanhar todo o processo de anA?lise dos itens verificados nos laboratA?rios do Ipem-PR. Para isso, as verificaAi??Ai??es sA?o comunicadas com antecedA?ncia Ai??s empresas.

As empresas autuadas tA?m 10 dias para apresentar defesa ao Ipem-PR, que definirA? a penalidade, que pode variar de advertA?ncia Ai?? multa de R$ 100 a R$ 1,5 milhA?o.

Deixe uma resposta