Paraná Extra

Professores da rede estadual fazem manifestação nesta quinta e aulas devem ser suspensas

Alunos da rede estadual de ensino devem ficar sem aulas nesta quinta-feira (30).

Educadores de todo o Paraná vão realizar uma grande paralisação em todo o Estado.

O objetivo dos organizadores é cobrar da governadora Cida Borghetti o pagamento da data-base, o cumprimento da lei da hora-atividade, revisão da distribuição de aulas, correção do salários dos PSS, anistia das faltas da greve e outras pautas centrais da campanha salarial.

A mobilização terá início às 9h na Praça Santos Andrade. De lá professores seguirão em caminhada até a Praça Nossa Senhora de Salete, onde fica a sede do governo. Durante a manifestação serão lembrados os 30 anos dos atos de violência contra professores no governo Álvaro Dias, em 30 de agosto de 1988, e o “massacre” do governo Beto Richa, em 29 de abril de 2015.

“Lutar sempre valerá a pena. Mobilize a sua escola, prepare o seu cartaz, procure a direção dos Núcleos Sindicais da sua região para se organizarem para o ato”, destacou o american made viagra. presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão, em comunicado à categoria.

“O avanço na superação das inúmeras desigualdades que ainda temos no Paraná e no país só será alcançado a partir de uma educação pública de muita viagra 100 mg for sale. qualidade e uma educação de qualidade pressupõe condições de trabalho, valorização e respeito às manifestações”, reforçou.

 

Deixe uma resposta