Paraná Extra

ProgramaA�A?o destaca presenA�a do negro na histA?ria de Curitiba

A importA?ncia do protagonismo negro e dos clubes operA?rios de Curitiba serA? destacada na visita guiada ao CemitA�rio Municipal nesteA�sA?badoA�(12/5) pela manhA?. A pesquisadora Clarissa Grassi vai mostrar ao pA?blico a relevA?ncia de personalidades negras para a capital do estado. O evento estA? com as inscriA�A�es esgotadas.

a�?A visita vai ressaltar a importA?ncia de conhecer e reconhecer essas trajetA?rias. O objetivo A� trazer A� tona a histA?ria dessas pessoas que foram essenciais para a formaA�A?o de Curitibaa�?, afirmou Clarissa.

Entre os destaques, a visita vai percorrer o tA?mulo de Enedina Alves Marques, a primeira engenheira negra do Brasil; Maria Nicolas, que foi professora e escritora, com mais de 30 livros escritos. O roteiro ainda vai apresentar a trajetA?ria de Vicente Moreira de Freitas. Ele foi escravo e, enquanto construA�a a Catedral de Curitiba, conseguiu a liberdade em 1884, apA?s 27 anos de escravidA?o, atravA�s de decreto do Fundo de EmancipaA�A?o.

Clube

Anos mais tarde Vicente teve tambA�m um papel social relevante. Em 1888, dez dias antes de a Lei A?urea ser sancionada, ele se juntou a outros ex-escravos e fundaram o ClubeA�13 de Maio. A entidade surgiu com o objetivo de prestar ajuda A� comunidade negra. Esse apoio consistia em agregar ex-escravos com auxA�lio mA�dico, hospitalar, financeiro, educacional, social e funeral.

a�?A gente consegue conhecer o ativismo negro. NA?o A� de uma hora para a outra que eles chegaram. Eles sempre fizeram parte da cidade. A presenA�a negra permeia toda a histA?ria de Curitiba e isso precisa ser reconhecidoa�?, destacou Clarissa Grassi. De acordo com a pesquisadora, muitos clubes operA?rios foram formados por negros. a�?O ClubeA�13 de MaioA�tem tA?mulos no CemitA�rio Municipal, espaA�o que teve parte dos seus muros construA�do por negrosa�?, completou.

Sarau literA?rio

Com a temA?tica AboliA�A?o da Escravatura no Brasil, nesteA�sA?badoA�(12/5), das 16h A�s 19h, o Teatro UniversitA?rio de Curitiba (TUC) recebe o Sarau Litero Musical Poetas em Movimento. O evento A� coordenado pela Feira do Poeta.

Abordando o tema, a Rua da Cidadania do Tatuquara tambA�m recebe o Sarau no mesmo dia, das 15h A�s 18h. No evento destaque para os poetas Cruz e Souza, LuA�s Gama, Solano Trindade, AdA?o Ventura, Emiliano Perneta, entre outros. Ambos os eventos tA?m entrada franca.

Ritmos

A capoeira, a roda e os saberes dos mestres serA?o apresentados noA�sA?bado (12/5), A�s 14h, na regiA?o que abriga as Gameleiras Sagradas, na PraA�a Tiradentes, com a Roda de Rua.A�A gameleira A� moradia de Iroco, um raro orixA? de origem IorubA?. Iroco tambA�m A� moradia de espA�ritos infantis e estA? associado a longevidade, jA? que a gameleira vive por mais de 200 anos.

Na praA�a ainda existe outro sA�mbolo importante para a comunidade negra, um caminho feito de pedras que revela a importA?ncia da mA?o de obra negra para o processo de urbanizaA�A?o da capital paranaense.

JA? noA�domingoA�(13/5), o PavilhA?o A�tnico valoriza a cultura negra com os ritmos musicais da Capoeira, MaculelA? e Jongo. A atraA�A?o comeA�a A�s 11h e vai atA� o meio-dia no palco da PraA�a IguaA�u, no Memorial de Curitiba. O evento A� gratuito e tem classificaA�A?o livre.

ExposiA�A?o

Em cartaz desde marA�o na Casa RomA?rio Martins a mostra a�?PresenA�a Negra em Curitibaa�? retrata a importA?ncia dos negros na formaA�A?o e desenvolvimento da cidade. Os ofA�cios deA�carregadores, calceteiros, extratores e beneficiadores de erva mate, funA�A�es desempenhadas pelos negros no surgimento da cidade sA?o retratadas, assim como os ofA�cios qualificadosA�de pedreiro e carpinteiro nos sA�culos 18 e 19.

A exposiA�A?o tambA�m apresenta o protagonismo feminino, que foi evidente nos trabalhos das casas, roA�as e no comA�rcio urbano. A evoluA�A?o no mercado de trabalho tambA�m A� apresentada. No decorrer do tempo, constituA�ram associaA�A�es, produziram arte de qualidade admirA?vel e tornaram-se profissionais de destaque em vA?rios campos de atuaA�A?o a�� na advocacia, na engenharia, na docA?ncia, entre outros.

Lei A?urea

NoA�domingoA�(13/5) completam 130 anos que a Lei A?urea foi assinada abolindo a escravidA?o no Brasil. Mas para a populaA�A?o negra, a data representa um dia de luta e resistA?ncia contra o racismo.

Para Adegmar da Silva (Candiero), assessor de promoA�A?o de igualdade racial de Curitiba e conselheiro do Conselho Pleno do MinistA�rio da Cultura/Setorial de Cultura Afro-brasileira, a data simboliza a resistA?ncia de um povo.A�a�?A cultura negra A� originA?ria do trabalho. Temos que ressaltar que a nossa histA?ria A� de luta, dor e vitA?ria. Temos conquistas importantes e vitA?rias nesse processoa�?, afirma.

Candiero ressalta a importante contribuiA�A?o da populaA�A?o negra curitibana em diversas A?reas, e dentre tantas, destaca a construA�A?o da Igreja do RosA?rio, inicialmente chamada de Igreja do RosA?rio dos Pretos de SA?o Benedito. a�?A Igreja do RosA?rio A� aA�segundaA�igreja construA�da em Curitiba. Foi feita por negros e para os negrosa�?, afirmou. Ele ainda aponta o rumo para o reconhecimento. a�?A arte A� um caminho para valorizar a importA?ncia da cultura negra. Lutamos para manter a essA?ncia da nossa cultura vivaa�?, definiu.


ServiA�o

A�Sarau Litero Musical Poetas em Movimento

Data:A�12 de maio

Local 1: Teatro UniversitA?rio de Curitiba a�� Galeria JA?lio Moreira, das 16 A�s 19h

Local 2: Rua da Cidadania do Tatuquara a��A�Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n, Esquina com a Rua Pres. JoA?o Goulart a�� Tatuquara,A�das 15 A�s 18h

 


Roda de Rua na Tiradentes

Local: PraA�a das Gameleiras Sagradas, PraA�a Tiradentes.

Data e horA?rio:A�12 de maio, A�s 14h

A�


PavilhA?o A�tnico – a�?Capoeira, MaculelA? e Jongoa�?

Local: Memorial de Curitiba a�� Rua Claudino dos Santos, 79

Data e horA?rio:A�13A�de maio, das 11h A�s 12h

A�


ExposiA�A?o PresenA�a Negra em Curitiba

Local: Casa RomA?rio Martins a�� Largo Coronel EnA�as, 30 (Largo da Ordem) VisitaA�A?o: das 9h A�s 12h e 13h A�s 18h, de terA�a a sexta-feira, e 9h A�s 14h no sA?bado,A�domingoA�e feriados.


 

Deixe uma resposta