Paraná Extra

Programação natalina deve atrair 106 mil turistas, prevê prefeitura da Capital

A terceira edição do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais começa no dia 22 de novembro e será a maior programação gratuita de fim de ano do país. Serão mais de 130 atrações da Prefeitura e empresas privadas, 15% a mais que no ano passado, entre autos, corais, concertos, exposições de presépios e feiras, que ocorrerão até 23 de dezembro. Já a decoração natalina ficará montada até 6 de janeiro.

A expectativa do município é que a programação de Natal receba 10% a mais de público e que o número de turistas aumente 15% – de 92,2 mil em 2018 para 106 mil neste ano.

“A cada um real investido pela Prefeitura na programação, estima-se que o retorno dos turistas foi de R$ 37 no comércio e serviços”, afirmou o prefeito Rafael Greca no lançamento da programação, nesta quarta-feira (6).

Atrativos
Inspirações para renovar esperanças não faltarão no Natal de Curitiba. Cartões-postais da capital, como o Parque Barigui, o Jardim Botânico, a Rua XV de Novembro e o Centro Cívico, vão dividir as atenções de turistas e moradores com 24 árvores de Natal de até 22 metros.

Espetáculos de música, teatro, balé e ópera irão ocupar o Centro Histórico, o Palácio Avenida, a Câmara Municipal, o Paço da Liberdade, a Catedral Metropolitana, a Capela Santa Maria, as Ruas da Cidadania e os parques da cidade.

Nas regionais, celebração será feita de música e iluminação especial
A Praça Santos Andrade volta a receber a Vila de Natal, com sua roda gigante toda iluminada. E a grande novidade: um carrossel irá encantar crianças e adultos em pleno Passeio Público.

A capital volta a ganhar também uma decoração especial, que levará a festividade do Centro para os bairros. Contornos de luz indicarão e valorizarão atrações turísticas e históricas da cidade, como o Palácio Garibaldi e o Belvedere.

Como na edição do ano passado, moradores e turistas poderão conhecer várias atrações da programação embarcando na Linha Natal, que começa no dia 28 de novembro.

Inovação
A capital volta a celebrar o Natal com criatividade e de maneira inovadora, com uma programação descentralizada, uma rede de voluntários e o apoio financeiro de patrocinadores privados que viabilizaram algumas das principais atrações, como Supermercados Condor (carrossel e decoração do Passeio Público), Electrolux (Vila de Natal e roda gigante na Praça Santos Andrade), Volvo (árvores de Natal da Avenida Cândido de Abreu, Asilo São Vicente de Paulo e Memorial de Curitiba), Associação dos Lojistas do ParkShoppingBarigüi (árvore de Natal do Parque Barigui), Samar Iluminação (Casa de Bolachas de Mel do Bosque do Alemão), Servopa (decoração do Jardinete Heitor Gurgel do Amaral Valente Netto, na Avenida Mário Tourinho) e Associação Comercial e Industrial de Santa Felicidade (decoração do Portal de Santa Felicidade).

“Curitiba já se consolidou no roteiro nacional natalino e mostra que uma cidade inteligente, como é a nossa capital, consegue recriar, com parcerias público-privadas, lindos cenários que retratam o caráter lúdico do nascimento de Jesus Cristo”, frisou Greca.

O prefeito destacou ainda o trabalho conjunto do Instituto Municipal de Turismo, da Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), responsáveis pela organização dos eventos.

Abertura
A programação natalina começa no dia 22 de novembro, com a Feira Especial da Praça Osório, no Centro, e o primeiro passeio da Maria Fumaça iluminada da concessionária Rumo. Já a abertura oficial será no dia 24 de novembro, com a estreia do Auto de Reis no Passeio Público, que irá mostrar com poesia e música a mensagem do nascimento de Jesus dos três Reis Magos. No mesmo dia, será aberto o carrossel para o público, atração gratuita.

Um dos pontos altos da programação será o Auto de Natal com entrega de brinquedos da campanha Natal Solidário da Fundação de Ação Social (FAS). O evento ocorre no dia 2 de dezembro, na Ópera de Arame. A campanha da FAS vai até 29 de novembro.

Prefeitura quer arrecadar 80 mil brinquedos para crianças carentes
Além disso, todas as regionais da Prefeitura terão atrações para a população e visitantes. As Ruas da Cidadania ganharão rosáceas e árvores de luz e estão programados espetáculos diários, com destaque para o auto O Sentido do Natal nas Regionais, que começa a ser encenado no dia 25 de novembro e vai até 10 de dezembro.

O encerramento da programação ocorre no dia 23 de dezembro, com o Oratório de Natal no Parque Tanguá.

Economia
A temporada natalina deverá estimular a economia local em diversos setores, como hotelaria, gastronomia, transporte, prestação de serviços e o comércio em geral.

Levantamento do Instituto Municipal de Turismo aponta que, em 2018, os espetáculos natalinos da cidade reuniram cerca de 615 mil pessoas, o dobro de público em relação a 2017 (300 mil). Do público que acompanhou os eventos, 92,2 mil eram turistas, em 2018, um crescimento de 54% em relação ao ano anterior, quando a capital recebeu cerca de 60 mil pessoas de outras regiões do país e exterior.

O comércio também cresceu. Em 2018, foram movimentados R$ 60,6 milhões na economia local devido à programação de fim de ano, um aumento de 14,3% em comparação ao mesmo período de 2017 (R$ 53 milhões).

Deixe uma resposta