Paraná Extra

Rede privada não tem mais leitos de UTI para Covid-19

A secretária municipal de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, afirmou, nesta sexta-feira (20), que os leitos privados de UTI para tratamento da Covid-19 nos hospitais da cidade estão próximos do limite de ocupação.
“Preocupa a ocupação, sim, porque a rede privada está esgotada. Ontem nós tivemos que transferir pacientes da rede privada para o SUS”, afirmou a secretária.

O presidente do Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Paraná (Sindipar), Flaviano Feu Ventorim, confirmou que a situação é preocupante.
“Os hospitais estão reduzindo outros procedimentos e cirurgias para dar vazão aos pacientes que estão chegando com Covid-19″, afirmou Ventorim.
De acordo com o presidente do Sindapar, a situação piorou nos últimos dias. “No final de outubro o cenário era outro, muito mais tranquilo”, disse.
A cidade vem de dois dias seguidos batendo recordes de novos casos. Na quinta-feira (19), foram 1.381 novos diagnósticos divulgados pela prefeitura, a primeira vez que a cidade bateu a marca dos mil casos diários.
Paraná e Curitiba registram recordes de confirmação de casos da Covid-19

Desde o início da pandemia, Curitiba teve mais de 64 mil casos confirmados. Deste total, 54 mil pessoas se recuperaram da doença e 1,6 mil morreram. Outras 8,5 mil estão ainda com Covid-19.

Na rede pública, a ocupação de leitos na quinta-feira (19) estava em 88%, com 242 vagas ocupadas de um total de 273 leitos existentes.
Em seis hospitais – Hospital de Clínicas, Erasto Gaertner, São Vicente, Evangélico Mackenzie, Idoso e do Trabalhador -, as alas de UTI do SUS dedicadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 estavam totalmente lotadas.
De acordo com Márcia Huçulak, ao longo da próxima semana o município deve reativar 24 novos leitos de UTI. Segundo a secretária, Curitiba pode chegar a uma capacidade máxima de 370 leitos para Covid-19
Em todo o estado, a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) que estuda a reativação de 50 a 70 leitos de UTI públicos.

(Com G1-Pr)

Deixe uma resposta