Paraná Extra

Relatório aponta onze barragens com risco de rompimento no Paraná

O Paraná tem onze barragens com alto risco de rompimento, segundo relatório apresentado em novembro do ano passado pela Agência Nacional de Águas, ainda considerando  dados oficiais de 2017. O documento aponta que no Paraná há 450 barragens (de diferentes finalidades, como acúmulo de água, de rejeitos de minérios ou industriais e para geração de energia), onze classificados como apresentando alto risco, 30 de médio risco e 63, baixo risco.
As barragens classificadas de alto risco no Paraná são:

Represa Canteri – Imbituva
Lago Favoretto – Manoel Ribas
Barragem Costa – São João do Ivaí
Represa Três Barras – São Sebastião da Amoreira
Eugenio Carneiro – Tibagi
Coronel Domingos Soares – Coronel Domingos Soares
Barragem São Bento – General Carneiro
Lago Paulo Gorski – Cascavel
Cristo Rei – Campo Mourão
Justus – Inácio Martins
Usina e Fábrica de Papelão Apucaraninha – Londrina

Deixe uma resposta