Paraná Extra

Restituições do consórcio Garibaldi estão à disposição na Caixa

A Justiça Federal informou que 1.800 pessoas que aderiram ao antigo consórcio Garibaldi talvez não saibam que têm o direito de receber parte do dinheiro pago de volta. Ao todo 3,5 mil clientes têm direito ao ressarcimento. Os valores a serem resgatados variam de R$ 500 a R$ 100 mil e estão disponíveis nas agências da Caixa Econômica Federal.

“Não precisa de advogado nem outra providência. É só comparecer a agência da Caixa Econômica e fazer o saque com a carteira de identidade”, explicou o juiz Vicente Ataíde.

O consórcio Garibaldi faliu em 1994 e deixou no prejuízo milhares de pessoas. A Justiça apreendeu bens e imóveis dos sócios para restituir os prejudicados. Um deles é o ex-deputado estadual Tony Garcia, que ficou preso por quase três meses. Segundo a Justiça, cerca de R$ 10 milhões em bens foram bloqueados.

As vítimas receberam até agora apenas um quarto do valor devido pelo consórcio. É o caso do empresário Haroldo dos Santos. Ele já tinha perdido a esperança de conseguir de volta o dinheiro que pagou ao consórcio Garibaldi. Foram quatro anos de prestações para tirar um carro zero quilômetro, que nunca chegou. Em maio, o empresário ficou surpreso quando recebeu quase R$ 8 mil reais. Mas ainda restam R$ 32 mil.

(Do G1)

Deixe uma resposta