Paraná Extra

Secretaria de Greca cobra Ratinho: cadê as doses da vacina?

A secretária da Saúde de Curitiba Márcia Huçulak lamentou a interrupção na campanha de vacinação contra covid-19. Por falta de vacinas, a prefeitura mantém apenas a aplicação da segunda dose mesmo com o plano do governador Ratinho Junior das equipes imunizarem a população de domingo a domingo.
“A gente adoraria trabalhar. Tem uma proposta [para vacinação] de domingo a domingo. Mas precisa ter dose, governador. Estamos torcendo para que venha muita dose, mas infelizmente não vamos ser levianos de anunciar um calendário sem ter ou com número pequeno de doses”, disse ela em entrevista à RPC.

De acordo com Huçulak, Curitiba recebeu mais 1.900 doses na última sexta-feira (2), sendo 870 para as forças de segurança e o restante para idosos. No entanto, a prefeitura tem 12 mil pessoas no grupo de 66 anos, o que impossibilita o início desta nova etapa da vacinação.

Além disso, uma das preocupações é que a próxima remessa programada se dará para a aplicação da segunda dose para aqueles que já foram vacinados.

“Eu não vou fazer sorteio e não vou chamar pessoas sem ter garantia de doses. O grande quantitativo que vamos receber daqui a pouco, que são 84 mil doses, são segunda [aplicação]. Esse idoso que tomou 79, 78 anos, tem até o dia 28 para receber”, completou Huçulak.

Deixe uma resposta