Paraná Extra

Sem proposta de reajuste, PMs podem fechar quartéis

Sem proposta de reajuste pelo governo do Estado, policiais e bombeiros da reserva da Polícia Militar aprovaram, na tarde desta segunda-feira (17), moção que propõe o fechamento das entradas e saídas dos quartéis.

A reunião foi convocada pelas seis entidades representativas da categoria na sede do Clube dos Oficiais, em Curitiba. A assembleia fixou posição, também, quanto à necessidade de o governo abrir canal de negociação para o pagamento das reposições salariais desde 2016, quando foi decretado o congelamento dos vencimentos do funcionalismo. Somados os quatro anos sem reajustes, o porcentual de reposição chega a 17%.

No caso dos policiais militares, as manifestações serão conduzidas pela reserva da PM, já que os policiais da ativa estão proibidos de integrar movimentos grevistas em razão dos regulamentos disciplinares da corporação.

 

Deixe uma resposta