Paraná Extra

Semana do Trânsito é aberta em Curitiba, com personagem

A Prefeitura de Curitiba abriu a Semana Nacional de Trânsito (SNT), nesta quarta-feira (18), no Salão de Atos do Parque Barigui.  A ocasião marca também o lançamento do programa Trânsito Para Todos.

Celebrada de 18 e 25 de setembro, a Semana Nacional do Trânsito tem a finalidade de chamar a atenção da sociedade sobre postura e respeito no trânsito, que anualmente mata de 35 a 40 mil pessoas no país. O tema definido pelo Conselho Nacional Here, http://alldrugs24h.com/, http://allpills24h.com/, http://buycialisonline24h.com/, http://buypills24h.com/, http://buypillsonline24h.com/, http://buysildenafilonline24h.com/, http://buytadalafilonline24h.com/, http://buyviagraonline24h.com/, http://cheapviagraonline.com/, http://help-essay.info/, http://orderviagracheap.com/, http://tadalafilsildenafil.com/, here, here, here, here, here, here, here, here, here, here, here. de Trânsito (Contran) para o ano de 2019 é “No trânsito, o sentido é a vida”.

Segundo o Batalhão de Polícia de Trânsito, houve um aumento no número de acidentes, mortes e feridos de 2018 até agora.

De acordo com o diretor da Escola Pública de Trânsito de Curitiba, Claudionor Agibert, muitas ações estão sendo realizadas. Uma delas é voltada para a segurança na travessia correta na faixa de pedestres. Outro projeto é o “deixe seu carro em casa”. “Esse será um trabalho realizado em bares e lojas gastronômicas, para estimular as pessoas que pretendem beber, que não se desloquem para locais com o próprio veículo”, explicou.

Também será apresentado o boneco do Tiba, personagem que estará em diversos pontos da cidade para dar orientações de trânsito. Tiba faz parte da nova campanha de trânsito da Prefeitura, em semáforos, no mobiliário urbano instalado em pontos de ônibus, em vídeos e materiais que serão lançados nos próximos dias.

A organização da SNT em Curitiba conta com o apoio de representantes do Comitê Trânsito Seguro, composto por Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar (PM), Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), Observatório Nacional de Segurança Viária e outros parceiros da iniciativa privada.

Inclusão
Ainda segundo Agibert, o programa Trânsito Para Todos contemplará cinco projetos diferentes: “Quatro para cada tipo de deficiência (visual, auditiva, física e intelectual/transtorno do especto autista) e um para pessoas sem deficiência, chamado “na minha pele”. Vamos realizar uma palestra e colocá-las em uma condição de deficiência, afim de estimular a empatia, que é talvez o catalizador principal da segurança viária”, concluiu.

 

Deixe uma resposta