Paraná Extra

Servidores públicos ficarão dois anos sem reajuste

Os servidores públicos estaduais vão ficar dois anos sem reajuste salarial. foi enviado ontem (8) à Assembleia mensagem do governador  Ratinho Júnior que implanta congelamento dos salários dos servidores públicos estaduais até o fim do ano de 2021. Na justificativa, o governador argumenta que a medida é necessária por causa das consequências econômicas da pandemia da covid-19. O Executivo informa no texto que a lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro de socorro aos Estados exige a suspensão dos reajustes salariais dos servidores.

Em 2019, o governo propôs reajuste de 5,08% para os servidores, parcelado em três vezes. Em janeiro de 2020, foram pagos 2%. Outras duas parcelas de 1,5% estavam previstas para serem pagas em janeiro de 2021 e janeiro de 2022. Caso a nova proposta seja aprovada, a segunda parcela seria suspensa.

A mensagem altera o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021 que ainda deve ser votada pelos deputados. Além do congelamento dos salários, a proposta também prevê a suspensão de promoções, progressões e avanços na carreira.

Deixe uma resposta