Paraná Extra

Socorristas confundem ladrões com vítimas e acabam assaltados

Os funcionários da concessionária nem perceberam que se tratava de um assalto. Para eles eram dois caminhoneiros em apuros por problemas mecânicos. Era madrugada desta sexta-feira (13), e os veículos estavam estacionados num posto abandonado, no km 645 da BR-376 em Tijucas dos Sul, região metropolitana de Curitiba.

 

Os bandidos haviam roubado os caminhoneiros quando estavam estacionados no posto Monte Carlo, km 651. Depois de invadir as cabines, obrigaram os condutores seguirem para o local abandonado e lá começaram a tirar os rodados.

 

Em função disso, uma Saveiro da Autopista Litoral Sul parou no local para prestar socorro as supostas vítimas e ainda chamou apoio do guincho. O funcionário foi rendido; mesmo destino do motorista do guincho, que chegou instantes depois ao posto abandonado.

 

“Os agentes de resgate precisam ter mais cuidado. Antes de atender as vítimas, tem que prestar atenção na própria segurança”, disse o agente Seixas da PRF (Polícia Rodoviária Federal).

 

Reféns

 

Os caminhoneiros foram liberados no posto e os bandidos seguiram com o guincho até a localidade de Matulão, levando os dois funcionários da concessionária como reféns. Ali os dois foram libertados e os assaltantes seguiram em outro veículo.

 

Além dos pneus e rodas dos caminhões, eles levaram uma bolsa com equipamentos de resgate e câmeras fotográficas dos funcionários da Autopista.

(Portal Banda B)

Deixe uma resposta