Paraná Extra

Stamm assume direção de Itaipu, numa vitória de Pessuti

O MDB do presidente Michel Temer venceu a disputa pela indicação do comando de Itaipu. Há pouco mais de um ano como diretor financeiro executivo de Itaipu, Marcos Vitório Stamm será o novo diretor-geral brasileiro interino da Binacional. Ele assume no lugar do engenheiro eletricista Luiz Fernando Leone Vianna, que pediu exoneração na última sexta-feira (6). Stamm é uma indicação do ex-governador e atual presidente do BRDE, Orlando Pessuti (MDB), além de ser ligado ao deputado federal Sérgio Souza (MDB).

A nomeação do novo diretor-geral brasileiro foi feita pelo presidente Michel Temer e publicada nesta sexta-feira (13), no Diário Oficial da União. O decreto é assinado também pelo ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. No mesmo decreto ele foi exonerado da função de diretor financeiro executivo.

Como diretor financeiro executivo, vários programas liderados por Stamm tiveram grandes avanços e foram ampliados para toda a região Oeste do Paraná, especialmente nas áreas de saúde e de educação financeira.

Stamm assumiu junto com Vianna, em março do ano passado e rapidamente imprimiu seu estilo agregador e impulsionou vários projetos e ações da área. Em seu comando está a coordenadoria do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde, iniciativa voltada à promoção de diversas ações de saúde envolvendo instituições da Tríplice Fronteira.

QUEM É STAMM?
Advogado público do Paraná, Stamm é londrinense, formado em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 1981, com pós-graduações em Direito Administrativo – Licitações e Contratos Administrativos, e em Direito Administrativo – Controle da Administração Pública, ambas pela Faculdade de Direito de Curitiba.

Foi diretor-geral da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho do Paraná, em 1999 – durante o período respondeu pelo cargo de secretário de Estado da pasta -; delegado regional do Trabalho substituto da Delegacia Regional do Trabalho do Estado do Paraná e chefe do Serviço de Relações do Trabalho, no período de 1996 a 1998; e diretor administrativo e financeiro da Cohapar (Companhia de Habitação do Paraná), em 1990.

Também foi assessor do governador do Estado do Paraná, em 2010; chefe de gabinete do secretário da Assessoria Especial do Governo do Estado do Paraná, no período de 1987 a 1990; chefe de gabinete da Famepar (Fundação da Assistência aos Municípios do Paraná), no período de 1984 a 1987; assessor técnico do Senado Federal – gabinete do senador Sérgio Souza, no período de 2011 a 2014.

Deixe uma resposta