Paraná Extra

Superintendente de Defesa Social de Curitiba morre de Covid-19

O superintendente da Secretaria de Defesa Social de Curitiba, Odgar Nunes Cardoso, morreu nesta quarta-feira (5) vítima de Covid-19. Ele estava internado no Hospital da Cruz Vermelha, no bairro Batel, e não resistiu ao tratamento.

O prefeito Rafael Greca lamentou o óbito. “Servidor impecável de Curitiba, Odgar fez da Guarda Municipal uma brilhante trajetória profissional ao lado de sua mulher, Silvia Zoraski, dedicada mãe de seus filhos. Tive a honra de contá-lo entre meus grandes amigos. Margarita e eu nos colocamos em oração para que sua passagem à casa do Senhor se dê à luz dos anjos e o ao som de cânticos de glória”, disse.

Ao longo de 32 anos, Odgar se tornou guarda municipal, supervisor e um dos primeiros inspetores da corporação. Ele ocupou ainda o cargo máximo da Guarda Municipal, o de diretor, de 2017 a 2019, além do período entre junho de 2010 e dezembro de 2012.

Odgar deixa a filha Helena, de 25 anos, e Lucas, 24. Estrutura familiar que também teve início na Guarda de Curitiba, onde Odgar conheceu a esposa, a supervisora Sílvia Zoraski.

Deixe uma resposta