Paraná Extra

Tecpar pede recursos ao governo federal para construir fábrica de vacinas

Um anteprojeto para a construção de uma fábrica de vacinas na Cidade Industrial de Curitiba foi protocolado junto ao Governo Federal, pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). A fábrica teria capacidade para produzir imunizantes contra o Covid-19, além de outras doenças, conforme a necessidade do SUS no Paraná. O investimento do Estado na construção da planta é estimado em um bilhão e duzentos milhões de reais.

Com a fábrica operando, o Tecpar seria o terceiro maior polo de produção de vacinas do país, atrás apenas dos institutos Butantan em São Paulo e Biomanguinhos/Fiocruz, no Rio de Janeiro, ambos que concentram os esforços da ciência brasileira na produção da vacina contra o coronavírus. A visita da frente parlamentar foi acompanhada pelo Cônsul da Rússia Acef Said.

O Tecpar tem convênio com o país europeu para a produção da vacina Sputinik V, contra o Covid-19.
Enquanto a fábrica de vacinas do Tecpar não é construída, os hospitais universitários estaduais serão utilizados como centros de pesquisa clínica para uma possível transferência de tecnologia e produção das vacinas no Paraná.

Deixe uma resposta