Paraná Extra

Temporal afetou 24 cidades, atingindo 1.578 pessoas

A Coordenadoria Estadual de ProteAi??A?o e Defesa Civil do ParanA? estA? acompanhando e concentrando informaAi??Ai??es sobre a situaAi??A?o dos municAi??pios atingidos pelas fortes chuvas e vendavais neste fim de semana. Segundo relatA?rio divulgado na manhA? desta segunda-feira (02), 24 cidades foram atingidas. Dez municAi??pios registraram ocorrA?ncia no sistema da Defesa Civil, 1.578 pessoas foram atingidas. NA?o hA? registro de desabrigados. Cerca de 100 casas foram destelhadas.

Na regiA?o de Francisco BeltrA?o, no Sudoeste do Estado, 11 municAi??pios sofreram com o vendaval seguido de chuva. Em Bela Vista da Caroba, mais de 700 pessoas foram atingidas e, em Pato Branco, cerca de 400.

De acordo com major AntA?nio Schinda, da 12A? Coordenadoria de ProteAi??A?o e Defesa Civil (Sudoeste), vA?rios pontos estA?o sem luz nesses municAi??pios. Houve queda de A?rvores e destelhamentos e cerca de 354 residA?ncias foram danificadas. ai???Temos equipes atuando em diversas regiAi??es, fazendo a retirada das A?rvores e dando apoio Ai?? populaAi??A?oai???, disse Schinda.

AtAi?? o momento, a Defesa Civil registrou ocorrA?ncias tambAi??m em Capanema, ParanavaAi??, Santa Isabel do Oeste e MaringA?, Guaratuba, Coronel Vivida, ParanavaAi?? e Planalto. ai???Seguimos monitorando e prestando auxAi??lio. Provavelmente nas prA?ximas horas vamos ter registrado estragos em mais cidades, afirma o tenente Anderson Gomes das Neves, da Defesa Civil Estadual.

PREVISA?O ai??i?? De acordo com o meteorologista do Simepar, Samuel Braum, as chuvas continuam nesta segunda-feira em todo o Estado, sA? que de forma mais amena e isolada. NA?o hA? previsA?o de vendavais.

As rajadas de vento sA?o mais fortes entre a manhA? e tarde na regiA?o de Curitiba e no Litoral do Estado. Entre o Oeste e o Sudoeste hA? uma melhora gradual nas condiAi??Ai??es do tempo, com o afastamento das A?reas de chuva. O tempo deve melhorar atAi?? sexta-feira, quando a previsA?o Ai?? de que a chuva retorne no Estado.

Deixe uma resposta