Paraná Extra

Temporal já afetou mais de 800 pessoas e chuvas vão continuar

Os fortes ventos e temporais que atingiram o Paraná na quinta-feira (19) afetaram 815 pessoas de 19 municípios, mostra o boletim da A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, divulgado às 9 horas desta sexta-feira (20). As rajadas de vento chegaram a 100 km/h em Santa Helena e a 102 km/h em Marechal Cândido Rondon, na região Oeste. Em Curitiba, os ventos chegaram a 72 km/h no início da tarde, derrubando galhos e árvores em diversos bairros da capital. Em Pato Branco, no Sudoeste do Estado, 78 casas foram danificadas pelas rajadas de vento, afetando 390 pessoas. Duas pessoas estão desalojadas e 75 foram afetadas pelos vendavais em Matelândia, no Oeste, onde dez casas foram danificadas. Em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, 100 pessoas foram afetadas e 20 casas ficaram danificadas por causa dos ventos fortes. Os outros municípios atingidos foram Arapongas, Cascavel, Céu Azul, Curitiba, Marechal Cândido Rondon, Maringá, Mercedes, Nova Santa Rosa, Paranaguá, Pato Bragado, Pinhais, Santa Helena, Santa Izabel do Oeste, São José dos Pinhais, Toledo e Vera Cruz do Oeste.

DESLOCAMENTO – Segundo o Simepar, nesta sexta-feira, o eixo da frente fria se desloca para o oceano, mas o tempo segue bastante abafado na maior parte do Paraná. Nos Campos Gerais, Região Metropolitana de Curitiba e Litoral as temperaturas não se elevam tanto, mas as demais terão mais um dia quente. A condição para chuvas é maior na metade sul paranaense. Na fronteira com o Paraguai e Argentina há risco de ventos fortes.

Deixe uma resposta