Paraná Extra

Tiroteio em bar na Califórnia mata 12 pessoas

Doze pessoas morreram em um tiroteio ocorrido em um bar da cidade de Thousand Oaks, na Califórnia, informaram nesta quinta-feira (8) autoridades dos Estados Unidos.

O autor do tiroteio, que ainda não teve a identidade divulgada, morreu no interior do bar Borderline, local onde o incidente começou por volta das 23h20 local (5h20 da madrugada em Brasília).

Polícia cerca imediações de bar em Thousand Oaks, na Califórnia, onde morreram 12 pessoas   (EFE/ Mike Nelson / direitos reservados)

Não se descarta que o número de vítimas aumente, segundo um porta-voz, que acrescentou que um dos feridos é um policial.

Inicialmente, o Corpo de Bombeiros explicou que o tiroteio no bar Borderline tinha deixado “vários feridos”.

“Por favor, afastem-se da área. Incidente de segurança em andamento. Informações de vários feridos. Os detalhes ainda são desconhecidos”, informou o Corpo de Bombeiros no Twitter.

Uma testemunha disse à emissora ABC que viu um suspeito, com barba e chapéu, jogar uma bomba de fumaça e atacar um vigia, antes de atirar indiscriminadamente.

“As pessoas tentavam sair pelas janelas”, acrescentou a testemunha.

Um porta-voz do escritório do xerife do condado afirmou que se ignora, por enquanto, o número de feridos e que se acredita que no momento do ataque havia perto de cem pessoas no local.

No bar, o maior de música ao vivo da região, acontecia uma festa country para universitários.

Thousand Oaks fica a cerca de 60 quilômetros a noroeste do centro de Los Angeles e não muito longe das áreas de Calabasas e Malibu.

(Agência Brasil)

Deixe uma resposta