Paraná Extra

Tiroteio no Cajuru mata dois e faz feridos. Causa pode ser rixa

Um tiroteio dentro de um bar no Cajuru terminou com dois mortos e mais dois baleados na noite desta quinta-feira (8). Inicialmente, os tiros disparados por homens que saíram de quatro carros mataram José Cruz dos Santos, de 52 anos, proprietário do comércio localizado na Rua Thomaz Davi Borges, Jardim Acrópole. Santos morreu a caminho do hospital.

 

De acordo com o delegado Rubens Recalcatti, da Delegacia de Homicídios, o filho da vítima, identificado apenas como Juliano (o Fedor), foi até a casa de Nelson Alexandre Vieira, de 66 anos. O homem estaria no bar no momento dos disparos e, por esse motivo, Juliano teria ido atrás dele para obter informações sobre o crime. Diante da recusa de Vieira em passar detalhes, Fedor teria atirado contra ele e o matado.

 

Ainda segundo Recalcatti, em outra residência da região, Juliano entrou e baleou mais dois homens, que foram socorridos. Em seguida, Fedor fugiu do local a pé.

 

O delegado afastou a possibilidade de vingança, atribuindo a ação ao estado emocional do atirador. “Ele estava aloprado, saiu atirando adoidado e, infelizmente, duas pessoas morreram. Possivelmente são rixas que há entre a pessoa do bar e seu filho com um grupo daqui, que vamos apurar quem é”, disse.

 

(Portal Banda B)

Deixe uma resposta