Paraná Extra

Trabalhadores prometem paralisação nesta sexta contra reforma trabalhista

Trabalhadores ligados a sete centrais sindicais prometem fazer uma paralisação geral em Curitiba, nesta sexta-feira (10), em protesto contra a reforma trabalhista, que entrará em vigor no sábado (11). Metalúrgicos e bancários estão entre as categorias que prometem parar;

O Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba e Região Metropolitana (SMC) está realizando várias atividades para mobilizar a categoria para participar do Dia Nacional de Lutas, marcado para essa sexta-feira, 10. A mobilização é contra o corte de direitos trabalhistas e pela geração de empregos de qualidade.

Os metalúrgicos das maiores empresas do setor em Curitiba e Região Metropolitana vão mobilizar em porta de fábrica, de acordo com o Sindicato. Além das mobilizações em porta de fábrica, um ato conjunto também está programado para esta sexta-feira (10) na Boca Maldita, no Centro de Curitiba, às 11 horas.

O ato vai reunir trabalhadores de diversas categorias das sete principais centrais sindicais do Brasil (CSB, CSP-Conlutas, CTB, CUT, Força Paraná, NCST e UGT).

“Vamos dar um grande grito de repúdio contras a implantação de reformas que vão trazer a precarização do trabalho no Brasil. Por isso é extremamente importante mostramos nossa resistência e indignação”, alertou o presidente do SMC, Sérgio Butka.

Deixe uma resposta