Paraná Extra

UFPR sedia Jornada de Agroecologia que comeA�a amanhA? e terA? shows

A UFPR serA? sede daA�17A? Jornada de Agroecologia, que ocorrerA? de quarta (6) a sA?bado (9) em Curitiba. A� a primeira vez que a capital paranaense recebe o evento itinerante, focado em apresentar essa forma de agricultura que tem como princA�pios humanizaA�A?o, sustentabilidade e carA?ter popular. Feira de orgA?nicos, seminA?rios, oficinas, shows e atividades culturais estA?o garantidos na programaA�A?o, que serA? promovida principalmente na Reitoria e no PrA�dio HistA?rico. A conferA?ncia de abertura, nesta quarta-feira (6), A�s 19 horas, serA? no Teatro GuaA�ra, com as participaA�A�es do teA?logo Leonardo Boff e da atriz LetA�cia Sabatella.

AlA�m da feira de orgA?nicos, um atrativo para a comunidade serA?o os shows previstos na programaA�A?o cultural. No sA?bado (9), o Palco Terra, que serA? montado na PraA�a Santos Andrade, receberA? os shows de Roseane Santos, que interpretarA? Clementina de Jesus; da banda Mulamba, de Curitiba; do grupo Viola Quebrada, tambA�m de Curitiba; do cantor e percursionista pernambucano Otto; e da bateria da Escola de Samba ParaA�so da Tuiuti, do Rio de Janeiro.A�A cantora e compositora Ana CaA�as se apresentarA? no palco A�s 20h30 de quinta (7).

Jornada conta com participaA�A?o de estudantes de escolas rurais. Foto: Setor de ComunicaA�A?o do MST/PR, 10/8/2013
A jornada A� organizada por mais de 40 movimentos e entidades do ParanA?. SA?o movimentos do campo a�� entre os quais Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e organizaA�A?o Terra de Direitos a��, e centros de formaA�A?o, como o Centro de FormaA�A?o Urbano Rural IrmA? AraA?jo (Cefuria), alA�m da UFPR e da Universidade TecnolA?gica do ParanA? (UTFPR). Professores da UFPR tambA�m participarA?o de palestras, conferA?ncias e seminA?rios da jornada.

Feira

Ao longo dos quatro dias, a comunidade poderA? consumir alimentos agroecolA?gicos que estarA?o A� vendaA�na a�?Feira da Reforma AgrA?ria, da Agricultura Familiar e da Economia SolidA?riaa�?, na praA�a Santos Andrade. A estimativa dos organizadores A� reunir cerca de 120 expositores. Junto A� feira, haverA? espaA�o para a a�?CulinA?ria da Terraa�?, com barracas de pratos tA�picos da regiA?o sul do Brasil.

A feira e o espaA�o serA?o abertos A�s 16 horas do dia 6. O horA?rio de funcionamento serA? das 8 A�s 20 horas. No dia 6, o encerramento da feira e do espaA�o serA? tambA�m A�s 20 horas.

Oficinas

O pA?tio da Reitoria da UFPR tambA�m foi o espaA�o escolhido para seis das 25 oficinas que serA?o oferecidas no dia 7, em diferentes horA?rios e locais (veja a lista aqui). Entre os temas estA?o a produA�A?o de morango orgA?nico em suspenso e em substrato, homeopatia na agropecuA?ria, captaA�A?o e descarte responsA?vel de A?gua e caldas fertilizantes e protetoras para culturas.

As vagas sA?o limitadas e as inscriA�A�es serA?o abertas a partir das 9 horas do dia 6, no saguA?o do Teatro da Reitoria, inclusive para participantes nA?o vinculados a delegaA�A�es. Integrantes de delegaA�A�es farA?o as inscriA�A�es previamente.

Cultura

O Palco da Terra serA? montado em frente A�s escadarias do PrA�dio HistA?rico da UFPR, na PraA�a Santos Andrade. Nele, a partir do dia 6, ocorrerA? parte da programaA�A?o cultural da jornada, que tambA�m se darA? no ChA?o de Estrelas, emA�meio A� Feira AgroecolA?gica. No Palco da Terra se apresentarA?o a maioria dos grupos musicais, enquanto o ChA?o de Estrelas serA? reservado para a encenaA�A?o de peA�as teatrais.

Do dia 6 ao 9, subirA?o ao Palco da Terra os grupos musicais Filhos da Terra e MA?e Terra, formado por integrantes da FundaA�A?o Vida para Todos; Mandicuera da Ilha de Valadares; NaA�A?o Guarani, grupo de rap formado por indA�genas guaranis; as Cantadeiras, do MST; e ForrA? de Rabeca.

No ChA?o de Estrelas serA?o montados os espetA?culosA�a�?Aconteceu no Brasil, Enquanto o A�nibus nA?o Vema�?, com o Arte da ComA�dia;A�Teatro de Mamulengo, o teatro de bonecos popular no Brasil;A�Le PifolA�, do grupo ParabolA�; e o da Trupe dos Encantados, formada por artistas do MST.

A partir das 14 horas do dia 6, o pA?tio da Reitoria da UFPR receberA? a exposiA�A?o a�?TA?nel do Tempoa�?, em que estudantes do ensino fundamental e mA�dio, vindos de assentamentos e acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), apresentarA?o a histA?ria da agricultura, atA� chegar ao momento atual e A� agroecologia como alternativa.

Agroecologia

Agricultura familiar, assentados e acampados da reforma agrA?ria, comunidades quilombola e coletivos de economia solidA?ria estarA?o presentes na Jornada. De acordo comA�Roberto Baggio, dirigente estadual do MST, a realizaA�A?o da jornada em Curitiba, com participaA�A?o de instituiA�A�es cientA�ficas, sA?o diferenciais desta ediA�A?o.A�a�?Estaremos no centro da ciA?ncia e da capital que, junto com a RegiA?o Metropolitana, reA?ne cerca de 4 milhA�es de habitantes. Nossa intenA�A?o A� apresentar a agroecologia para a sociedade como um todo, e tambA�m aprofundar o debate nos diversos ramos de pesquisa cientA�ficaa�?.

AlA�m de conceitos e tecnologias vinculados A� agroecologia, a jornada pretende abordar o uso de agrotA?xicos. Segundo o DossiA? da AssociaA�A?o Brasileira de SaA?de Coletiva (Abrasco), divulgado em 2015, 70% dos alimentos in natura consumidos no Brasil estA?o contaminados por agrotA?xicos, e 28% desses alimentos contA�m substA?ncias nA?o autorizadas pela AgA?ncia Nacional de VigilA?ncia SanitA?ria (Anvisa).

O ParanA? A� o terceiro maior consumidor de agrotA?xicos do PaA�s. Em 2013, foram usadosA�cerca de 96,1 milhA�es de quilos de agrotA?xicos no estado, segundo o Instituto Paranaense de Desenvolvimento EconA?mico e Social (Ipardes).

Deixe uma resposta