Paraná Extra

Vacina contra febre amarela estA? disponA�vel para toda a populaA�A?o

A vacina contra a febre amarela estA? disponA�vel em 110 unidades bA?sica de saA?de para toda a populaA�A?o de Curitiba. Antes, a vacina sA? era ofertada para quem fosse viajar para as A?reas consideradas de risco no Brasil ou para paA�ses que exigem a imunizaA�A?o.

Embora Curitiba permaneA�a fora da A?rea de risco da doenA�a, non prescription inhalers for asthma. a Secretaria Municipal da SaA?de (SMS) segue uma nova orientaA�A?o do MinistA�rio da SaA?de e amplia a vacinaA�A?o conta a febre amarela para aumentar o A�ndice de proteA�A?o da populaA�A?o.

De acordo com o diretor do Centro de Epidemiologia da SMS, Alcides Oliveira, essa ampliaA�A?o da vacinaA�A?o em Curitiba A� importante. a�?No A?ltimo ano, o PaA�s viveu uma epidemia de febre amarela e nA?s passamos ilesos em Curitiba. Mas, para este ano, quando recomeA�ar o perA�odo da febre amarela, no verA?o, precisamos estar ainda mais protegidos, porque a tendA?ncia A� o vA�rus circular maisa�?, explicou Oliveira.

A vacina da febre amarela A� indicada para pessoas entre 9 meses a 59 anos de idade. Segundo Oliveira, quem jA? tomou a vacina uma vez na vida nA?o precisa refazer. Se a pessoa nA?o tomou a vacina ou se nA?o tem certeza se tomou, a orientaA�A?o A� procurar a unidade de saA?de e se imunizar.

Nas awc canadian pharmacy viagra, awc canadian pharmacy viagra, awc canadian pharmacy viagra, awc canadian pharmacy viagra, awc canadian pharmacy viagra, awc canadian pharmacy viagra. unidades de saA?de, vacina da febre amarela segue um cronograma que varia. a�?A SMS adota o cronograma para otimizar o insumo, visto que cada frasco da vacina contA�m cinco doses e deve ser utilizado atA� seis horas apA?s abertoa�?, explica Oliveira.

A febre amarela

A febre amarela A� uma doenA�a sazonal, geralmente com aumento de casos entre dezembro a maio. A� causada por um vA�rus transmitido pela picada de mosquitos vetores infectados. NA?o hA? transmissA?o de pessoa a pessoa.

NoA�ciclo silvestre (cujos casos tA?m sido registrados no paA�s), a transmissA?o A� feita pelo mosquitoA�HaemagogusA�eA�Sabethes. No ciclo urbano, o homem A� o A?nico hospedeiro e a transmissA?o ocorre a partir do mosquitoA�Aedes aegypti.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o inA�cio sA?bito de febre, calafrios, dor de cabeA�a intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, nA?useas e vA?mitos, fadiga e fraqueza.

A maioria das pessoas melhora apA?s estes sintomas iniciais. No entanto, cerca de 15% apresentam um breve perA�odo sem sintomas e, entA?o, desenvolvem uma forma mais grave da doenA�a.

Em casos graves, a pessoa pode ter febre alta, icterA�cia (coloraA�A?o amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia e, eventualmente, insuficiA?ncia de mA?ltiplos A?rgA?os. Cerca de 20% a 50% das pessoas que desenvolvem doenA�a grave podem morrer. a�?Se observar os sintomas iniciais, a indicaA�A?o A� jA? buscar uma unidade de saA?dea�?, orienta Oliveira.

Deixe uma resposta