Paraná Extra

Vans fazem transporte ilegal em Curitiba. URBS retarda início do cadastramento

Ao contrário das greves anteriores, a URBS demora para efetuar o cadastramento de motoristas de vans para tentar suprir, em parte, a falta de ônibus em circulação, em função da greve dos motoristas e cobradores.

Como foram informados de madrugada do início da greve, mais de 60 motoristas de vans foram até a sede da empresa, desde as primeiras horas da manhã, para efetuar o cadastro, mas encontraram as portas fechadas.

Por volta das 8 horas, o cadastramento ainda não havia iniciado, o que irritou os motoristas. Há denúncias de que veículos já estão fazendo o transporte, sem cadastramento e cobrando até R$ 10 por pessoa.

A greve, ao que parece, pegou tanto a Prefeitura quanto a URBS de surpresa, já que se desconhece a existência de um plano de contingência para enfrentar o problema.

Deixe uma resposta