Paraná Extra

Vendas industriais registram alta de 3,78% no primeiro bimestre

As vendas industriais paranaenses registraram uma elevaAi??A?o de 3,78% no primeiro bimestre deste ano em comparaAi??A?o a igual perAi??odo do ano anterior. Ai??As compras de insumos acumularam alta de 5,83% no perAi??odo e o emprego tambAi??m teve uma pequena reaAi??A?o positiva de 0,89%. Os dados sA?o da pesquisa Indicadores Conjunturais da FederaAi??A?o das IndA?strias do ParanA? (Fiep). O desempenho positivo sinaliza uma retomada do crescimento, mas segundo os economistas, o caminho para a recuperaAi??A?o plena serA? longo.

ai???Apesar do crescimento neste primeiro bimestre, o nAi??vel de vendas deste perAi??odo equivale ao registrado em 2007, ou seja, hA? um retrocesso de 11 anos em termos de vendas industriais no ParanA?ai???, afirma Marcelo Percicotti, gerente de Economia, Fomento e Desenvolvimento da Fiep. Ele observa que os nA?meros da pesquisa confirmam que continua grande a dependA?ncia de insumos importados, com alta de 39,08% em relaAi??A?o ao mesmo perAi??odo do ano passado. Por outro lado, no mesmo perAi??odo houve uma elevaAi??A?o de 7,40% nas vendas industriais para o exterior.

Ainda segundo o economista, o pequeno aumento de compras deAi??insumos registrado em fevereiro (+0,68%) e a utilizaAi??A?o de capacidade instalada que permaneceu igual a de janeiro (69%), indicam claramente que a recuperaAi??A?o serA? lenta. ai???Ainda nA?o se percebem sinais mais fortes que indiquem uma aceleraAi??A?o da recuperaAi??A?o industrialai???, comenta, acrescentando que ai???serA? um longo caminho atAi?? se atingir os nAi??veis deAi??produAi??A?o de 2013ai???.

O resultado acumulado de janeiro e fevereiro de 2018 em relaAi??A?o ao mesmo perAi??odo de 2017 mostra que dos 18 gA?neros pesquisados, 12 tiveram desempenho positivo e apenas seis negativo. As maiores altas foram registradas em ai???Couro e CalAi??adosai??i?? (+69,37%); ai???EdiAi??A?o e ImpressA?oai??i?? (+47,56%) e ai???VestuA?rioai??i?? (+25,87%). Os gA?neros com maiores quedas foram ai???Borracha e PlA?sticosai??i?? (-21,77%), ai???Madeiraai??i?? (-11,16%) e ai???Material EletrA?nico e de ComunicaAi??Ai??esai??i?? (-9,69%).

Especificamente no mA?s de fevereiro as vendas industriais apresentaram alta de 10,36% em comparaAi??A?o a janeiro, resultado tAi??pico do segundo mA?s do ano por conta do mA?s de janeiro ser tradicionalmente de baixa atividade. Os gA?neros com maiores altas foram ai???VestuA?rioai??i?? (+66,18%), ai???Couros e CalAi??adosai??i?? (+41,67%) e ai???VeAi??culos Automotoresai??i?? (+38,11%). As maiores quedas foram registradas em ai???EdiAi??A?o e ImpressA?oai??i?? (-12,99%), Ai??ai???Produtos QuAi??micosai??i?? (-7,41%) e ai???MA?quinas, Aparelhos e Materiais ElAi??tricosai??i?? (-7,33%).

Emprego ai??i?? Em relaAi??A?o ao nAi??vel de emprego, 13 dos 18 gA?neros pesquisados registraram resultados positivos e cinco negativos no mA?s de fevereiro, resultando em variaAi??A?o positiva de 1,02%. O emprego diretamente ligado Ai?? produAi??A?o subiu +0,92%. O resultado de janeiro e fevereiro de 2018 contra igual perAi??odo de 2017 apresenta aumento de +0,89% no ai???pessoal empregado totalai??i?? e reduAi??A?o de -2,69% no ai???pessoal empregado na produAi??A?oai??i??. Os principais aumentos em fevereiro se deram em ai???MA?veis e IndA?strias Diversasai??i?? (+2,28%), ai???Couros e CalAi??adosai??i?? (+1,52%), e em ai???Alimentos e Bebidasai??i?? (+1,51%). As maiores quedas se deram nos gA?neros ai???PetrA?leo e A?lcoolai??i?? (-0,43%), Ai??ai???VestuA?rioai??i?? (-0,38%) e ai???TA?xteisai??i?? (-0,25%).

Janeiro e fevereiro de 2018 versus janeiro e fevereiro de 2017 mostra oito gA?neros positivos e outros oito negativos. Os maiores aumentos foram Ai??registrados em ai???Couros e CalAi??adosai??i?? (+19,59%), ai???VeAi??culos Automotoresai??i??Ai??(+12,39%) e ai???Produtos QuAi??micosai??i?? (+8,99%). Os gA?neros com maiores quedas foram ai???Madeiraai??i?? (-12,25%), ai???MA?quinas, Aparelhos e Materiais ElAi??tricosai??i?? (-4,62%) e ai???Borracha e PlA?sticosai??i?? (-2,87%).Ai??A massa salarial lAi??quida apresentou, em fevereiro ante janeiro, aumento de 6,26% em decorrA?ncia do aumento de emprego; as horas trabalhadasAi??diminuAi??ram 2,71% por conta da menor quantidade de dias A?teis em fevereiro; e a utilizaAi??A?o da capacidade instalada manteve-se constante em 69%. Este nAi??vel de utilizaAi??A?o de capacidade Ai?? um ponto percentualAi??superior ao registrado em fevereiro de 2017.

Deixe uma resposta