Paraná Extra

Vendas nos supermercados cresceram 1,25% no ano passado

As vendas nos supermercados cresceram 1,25% em 2017 em comparaAi??A?o ao registrado ao longo do ano anterior, segundo balanAi??o divulgado hoje (29) pela AssociaAi??A?o Brasileira de Supermercados (Abras). Em dezembro, a movimentaAi??A?o do setor registrou alta de 2,55% em relaAi??A?o ao mesmo mA?s de 2016.

O resultado do faturamento ficou abaixo da projeAi??A?o da entidade, que estimava uma elevaAi??A?o de 1,5% no faturamento para o ano passado. No entanto, o setor enfrentou, segundo o presidente da Abras, JoA?o Sanzovo Neto, queda nos preAi??os de diversos produtos alAi??m do esperado. ai???Fomos pegos de surpresa com o tamanho da deflaAi??A?oai???, enfatizou, ao apresentar os dados.

No acumulado de janeiro a dezembro de 2017, a cesta bA?sica de produtos teve queda de -7,05%, passando de R$ 483,10 para R$ 449,02. A retraAi??A?o nos preAi??os foi puxada, de acordo com a Abras, pelas commodities agrAi??colas.

Para este ano, a entidade prevA? crescimento de 3% para o setor. Na avaliaAi??A?o de Sanzovo, os indicadores dos A?ltimos meses de 2017 jA? apontam nessa direAi??A?o. ai???Tem aumento da confianAi??a do consumidor, dos empresA?rios, a volta dos investimentos e consequentemente a queda do desempregoai???, ressaltou.

Com a melhora do cenA?rio, o presidente da Abras acredita que os consumidores retornaram a hA?bitos que tiveram que ser deixados de lado no perAi??odo mais agudo da crise econA?mica. ai???Voltar a consumir nas quantidades que consumia, voltar a comprar aquela marca que comprava.ai???, exemplificou.

Sanzovo disse ainda que acredita que os problemas polAi??ticos estA?o interferindo cada vez menos na economia. ai???Eu acredito que o A?ltimo semestre do ano passado demostrou que a economia descolou da crise polAi??tica. Acho que vamos passar as eleiAi??Ai??es sem grandes turbulA?ncias econA?micas. AS insittuiAi??Ai??es estA?o funcionando. Em 2018 nA?s vamos estar crescendo em um ritmo bomai???, destacou.

(AgA?ncia Brasil)

Deixe uma resposta