Paraná Extra

Vereador do PMDB pode ser expulso e Greca vai a Temer

O PMDB de Curitiba teve um dia movimentado nesta quinta-feira (14). De um lado, o Conselho de Ética decidiu se reunir na próxima segunda-feira (18), às 17 horas, para julgar o processo que pede a expulsão do vereador Algaci Túlio do partido, depois das denúncias que o vereador também se beneficiou das verbas de publicidade da Câmara Municipal.

De outro lado, o pré-candidato do PMDB à prefeitura de Curitiba, Rafael Greca, foi recebido pelo vice-presidente da República, Michel Temer, que teria gravado um vídeo a ser apresentado na convenção do partido, dia 23 de junho, no qual avaliza a candidatura do ex-prefeito.

Já, o deputado licenciado Luiz Cláudio Romanelli, da ala de apoio do PMDB a Ducci, criticou as mudanças no edital de convocação da convenção, dizendo que o estatuto não foi cumprido porque foi elaborado por apenas quatro pessoas quando a executiva municipal tem nove integrantes.

E o senador Roberto Requião, presidente do PMDB de Curitiba, convocou para segunda-feira uma reunião extraordinária da executiva municipal, para discutir a convenção municipal, que vai definir o rumo do partido na eleição, através de 111 votos.

 

Deixe uma resposta