Paraná Extra

Vice-governadora teve celular clonado

A vice-governadora teve seu celular clonado. PelasAi??redes sociais, Cida Borghetti disse que recebeu a informaAi??A?o de que mensagens foram enviadas para contatos da agenda do telefone solicitando dinheiro em nome dela. Os golpistas solicitavam a quantia de atAi?? R$ 2,5 mil.

A mensagem foi enviada pelo aplicativo Whatsapp. Cida relata que recebeu a informaAi??A?o de amigos que receberam a mensagem, alguns inclusive fizeram a transferA?ncia bancA?ria. A vice-governadora estava cumprindo uma agenda em BrasAi??lia quando foi avisada.

O texto foi enviado inicialmente para grupos da vice-governadora no aplicativo, perguntando se as pessoas usavam o aplicativo do Banco do Brasil. Aqueles que diziam que sim eram chamados em uma conversa privada onde os estelionatA?rios solicitavam a transferA?ncia bancA?ria.

Cida Borghetti afirmou que a mensagem continua sendo enviada nesta quinta-feira (8) e que atAi?? o marido, o Ministro da SaA?de, Ricardo Barros, recebeu o texto solicitando a transferA?ncia. Ela ainda disse que nA?o cancelar a conta do aplicativo.

A vice-governadora ressaltou que os amigos que fizeram a transferA?ncia terA?o os valores devolvidos. A Secretaria de SeguranAi??a PA?blica investiga o caso.

 

Deixe uma resposta