Paraná Extra

Comércio otimista com as vendas para o Dia das Mães

Sondagem realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) e divulgadsa ainda no final de abril, revelou que 80,2% dos paranaenses pretendiam presentear neste Dia das Mães. A intenção de compras para a data é 18% maior do que em 2020, quando 68,0% dos consumidores planejavam comprar presentes para as mães.

Segundo projeção da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)/Fecomércio PR, o Dia das Mães de 2021 promete ser mais promissor para o varejo brasileiro e deve movimentar R$ 12 bilhões em todo o país. No Paraná, a estimativa é de que a segunda data mais importante do comércio injetará R$ 820 milhões na economia do estado.

O Dia das Mães é a segunda data que mais dá mais lucro aos comerciantes após o Natal, porém, foi uma das primeiras que tivemos que celebrar em casa, no ano passado. O varejo sentiu redução nas vendas durante essa época, mas agora com o crescimento do e-commerce e a flexibilização das medidas o cenário pode ser outro.

O mercado ainda não fala em recuperação em níveis pré-pandemia, mas adianta que os resultados devem ser bem superiores ao do ano passado, quando houve retração de até 60%.

Para este ano, a estimativa é até de aumento do tíquete médio do presente — subindo de R$ 105,15 para R$ 116,03, o que pode ser explicado que para compensar a distância, os filhos estão presenteando mais e com presentes melhores.

Deixe uma resposta