Paraná Extra

Conselho de Ética da Câmara abre processo contra Barros e Garcia

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados abriu ontem dois novos processos contra os deputados paranaenses Ricardo Barros (PP) – líder do governo Bolsonaro na Casa – e Diego Garcia (Pode). Também foi aberto outro processo, contra o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF).

No caso de Barros, o pedido de representação foi protocolado pelo PSOL, com base nas denúncias de Miranda à CPI da Covid do Senado. O parlamentar do DEM disse que ele e o irmão, Luiz Ricardo Miranda – funcionário do Ministério da Saúde – denunciaram ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no dia 20 de março, suspeitas de irregularidades na compra da vacina Covaxin. Segundo o deputado, Bolsonaro teria reagido afirmando que Ricardo Barros estaria envolvido no suposto esquema.

 

Deixe uma resposta