Paraná Extra

Continua crescendo a busca por leitos exclusivos para Covid-19

Volta a crescer a cada dia a fila de busca por leitos para tratamento da Covid-19. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), 689 pessoas aguardam internamento em leitos de UTI ou enfermaria exclusivos no Paraná.

São 361 pessoas aguardando um leito de UTI e 328 que aguardam um leito de enfermaria.
O pico da fila, desde o início da pandemia, foi no dia 16 de março, com 1.357 pessoas.

A taxa de ocupação dos leitos UTI SUS para pacientes da Covid-19 está em 95%. Do total de 1.920 vagas disponíveis no estado, 103 estão livres.

Já a taxa de ocupação dos leitos de enfermaria está em 148%. Há 4.122 leitos ocupados de 2.789 existentes no Paraná, ou seja, há um déficit de 1.333 leitos.

A situação mais crítica é na região Leste do Estado, que engloba Curitiba e Região Metropolitana. A taxa de ocupação de leitos está em
214%. Há 1.461 vagas de enfermaria disponíveis e 3.122 ocupadas, um déficit de 1.661 leitos.
Curitiba

Segundo a Central de Leitos Metropolitana de Curitiba (CLIC) que contabiliza a fila de espera em Curitiba e na Região Metropolitana, 218 pessoas aguardam um leito de UTI ou enfermaria para Covid-19.

Na capital paranaense, conforme a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a taxa de ocupação dos 525 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 está em 95%. Restam 26 leitos livres.

Deixe uma resposta