Paraná Extra

Estado passa a vacinar grávidas e pessoas com comorbidade

Com a nova remessa de vacinas recebidas na manhã desta segunda-feira (3), o Paraná dará início à  imunização contra a Covid-19 de pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, grávidas e puérperas. Foram enviadas pelo Ministério da Saúde ao Estado 391.500 doses da Covishield, da Universidade de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz, que somadas às 14.600 unidades da Coronavac, fabricada pelo Instituto Butantan/Sinovac, entregues no sábado (1º), totalizam 406.100 doses disponíveis para aplicação na população paranaense.
A chegada das 32.760 doses de vacinas da farmacêutica norte-americana Pfizer, produzida em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioNtech, também prevista a manhã desta segunda, foi adiada. A previsão é que elas desembarquem no Aeroporto Internacional Afonso Pena, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta segunda-feira, por volta das 19 horas.As vacinas compõem o 16° lote encaminhado ao Estado. Elas serão distribuídas nesta terça-feira (4) para as 22 Regionais que integram a rede de saúde do Paraná para que os municípios possam dar continuidade à vacinação. A informação foi dada pelo secretário estadual da Saúde, Beto Preto, que recepcionou os imunizantes, no Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar).

As vacinas são transportadas por aeronaves para as áreas mais afastadas de Curitiba, e por via terrestre para as divisões de Paranaguá, Metropolitana, Ponta Grossa, Irati, Guarapuava, União da Vitória, Pato Branco, Francisco Beltrão, Londrina, Telêmaco Borba e Ivaiporã.

Deixe uma resposta