Paraná Extra

Hospitais restringem atendimento por lotação com casos de Covid-19

Pelo menos três hospitais particulares de Curitiba restringiram atendimento em função da ocupação de se4us leitos por doentes com a Covid-19.

Nesta manhã (11), o Hospital Marcelino Champagnat divulgou comunicado informando que, com o aumento expressivo da procura por atendimento, o Pronto Atendimento está atuando com limitações e com leitos de UTI 100% ocupados.

Segundo o hospital, em alguns momentos, o serviço atinge a capacidade máxima instalada e, por esse motivo, o atendimento fica restrito.

Já, ontem (10), o Hospital Pilar havia informado que atingiu a capacidade máxima operacional no Pronto Socorro e que, por este motivo, está com restrição de atendimento.

O limite máximo de ocupação foi atingido nos Setores de Internação e Unidades de Terapia Intensiva, sem condições de novos internamentos.

Também o Hospital Nossa Senhora das Graças anunciou a restrição no atendimento do Pronto Socorro, priorizando os casos graves e que está com capacidade máxima nos internamentos.

Deixe uma resposta