Paraná Extra

MP cumpre mandados contra grupo chefiado por preso

O Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro do estado, cumpriu nesta segunda-feira, 14 de junho, três mandados de prisão e quatro de busca e apreensão no âmbito da Operação Abutre, que apura crimes de organização criminosa, usura (agiotagem) e lavagem de capitais. As ordens judiciais, expedidas pela Vara Criminal de Cornélio Procópio, foram cumpridos nos Municípios de Cornélio Procópio e Londrina.

De acordo com apuração da Promotoria de Justiça, o suposto líder da organização criminosa, mesmo sob custódia na Penitenciária Estadual de Londrina I (PEL), comandava um esquema de empréstimos ilícitos a terceiros residentes em Cornélio Procópio. Entre os beneficiados, estão pessoas envolvidas com a prática de outros crimes, como comércio ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Para o funcionamento do esquema criminoso, o líder do grupo contaria com a atuação de sua mãe e de sua companheira – ambas presas nesta segunda-feira (14) – , além de uma agenciadora, que avalizava as pessoas que contrairiam os empréstimos. O terceiro mandado de prisão foi expedido contra o chefe do grupo, que já se encontra preso. Os mandados de busca foram cumpridos em três residências em Cornélio Procópio e na cela onde o líder está custodiado na PEL.

Foi ainda determinado o sequestro de um imóvel no qual estava sendo construída uma residência financiada pelos valores oriundos dos pagamentos dos empréstimos ilícitos, além do bloqueio de uma conta bancária em que os montantes eram recebidos.

Deixe uma resposta