Paraná Extra

Universidades estaduais preparam calendário para segundo semestre

As universidades estaduais do Paraná preparam o calendário das atividades para o segundo semestre. Desde o início da pandemia, quando as atividades presenciais tiveram que ser paralisadas, as instituições reorganizaram seus calendários acadêmicos para evitar prejuízos nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Segundo o Decreto Estadual nª 6727 de 27 de janeiro de 2021, o retorno das aulas presenciais nas universidades se dará após deliberação do órgão competente em cada instituição, respeitando o princípio constitucional da autonomia universitária. Estão previstas poucas exceções para realização de atividades presenciais, caso de cursos da área de saúde, que demandam aulas práticas.

“As instituições de ensino superior tiveram que se reorganizar para manter suas atividades funcionando. Para isso, foram necessários ajustes nos calendários letivos. Agora, com a vacinação acelerada no Estado, assim que as autoridades de saúde considerarem seguro e respeitada a autonomia universitária, devemos ter uma retomada gradual para a normalização das atividades presenciais”, destaca a coordenadora de Ensino Superior da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Gisele Onuki.

CALENDÁRIOS – Na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) aprovou o calendário acadêmico do ano letivo de 2021 para os cursos de graduação, que terá início no dia 3 de novembro de 2021 e encerra no dia 13 de agosto de 2022.

Para o pró-reitor de graduação da Unioeste, Eurides Küster Macedo Junior o calendário continua afetado pela pandemia. “Reconhecemos a importância de o ano letivo acompanhar o ano civil. No entanto, vamos levar algum tempo para que isso aconteça. Toda a comunidade acadêmica está comprometida e trabalhando para que isso ocorra, respeitando os cuidados com a saúde dos estudantes, agentes universitários e professores”.

Deixe uma resposta