Paraná Extra

Varejo no 1º bimestre é similar ao período pré-pandemia

O desempenho do varejo paranaense no primeiro bimestre deste ano foi praticamente o mesmo do registrado nos meses de janeiro e fevereiro de 2020, de acordo com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio PR). Segundo dados da Pesquisa Conjuntural realizada pela instituição, as vendas no acumulado de janeiro e fevereiro de 2021 foram apenas 0,46% menores do que em igual período do ano passado, em um cenário pré-pandemia.

O resultado demonstra o movimento ascendente da economia paranaense no início deste ano, antes do agravamento do número de casos de covid-19 no estado e no país. Tanto que o faturamento do varejo em fevereiro foi 1,50% superior ao computado no mesmo mês de 2020, especialmente nos setores de móveis, decorações e utilidades domésticas (25,63%), materiais de construção (17,82%) e farmácias (11,79%).
Estes também foram os segmentos do comércio que mais se destacaram no primeiro bimestre: farmácias (13,27%), materiais de construção (11,40%) e móveis, decorações e utilidades domésticas (9,69%), bem como os supermercados (5,10%). Entretanto, outros setores acumulam grandes quedas, seguindo as mudanças nos padrões de consumo apontadas durante a pandemia: vestuário e tecidos (-30,02%), calçados (-28,93%) e livrarias e papelarias (-28,20%).

Já na comparação com janeiro, as vendas do varejo paranaense em fevereiro foram 1,25% menores.

Deixe uma resposta